Entenda qual o modelo de churrasqueira correto para você

Cada região do país tem suas especificidades e culinária típica, no entanto, não há como negar que o churrasco é um gosto nacional. Afinal de contas, não existe nada melhor do que aproveitar aquele domingão para reunir a família e os amigos para comer uma deliciosa carne assada na brasa. Tão importante quanto escolher uma carne de qualidade, é saber quais os modelos de churrasqueira mais indicados para cada ambiente.

Se durante muito tempo para fazer uma churrascada era necessário ter um quintal ou um espaço aberto grande, atualmente isso mudou e agora já é possível assar carnes até mesmo dentro da cozinha de um apartamento. Gostou da ideia? Então, continue a leitura para descobrir qual o tipo de churrasqueira você deve escolher!

Tipos de acendimento — o primeiro ponto a ser considerado

Se muitas coisas são escolhidas pela aparência, fique sabendo que a escolha do modelo ideal de churrasqueira vai depender também de fatores estruturais. Antes de conhecer alguns dos principais modelos de churrasqueiras, é importante saber também os diferentes tipos de acendimento. Vamos lá?

Acendimento a carvão

O acendimento de churrasqueira a carvão é o mais comum e também é um dos mais utilizados no Brasil. Quem costuma preparar carnes assadas garante que as preparadas com carvão acabam ficando muito mais suculentas e saborosas.

Apesar do carvão contar com um preço mais acessível, ele acaba produzindo muita fumaça, o que acaba dificultando no momento da limpeza. Além disso, o carvão pode deixar um cheiro forte no espaço, em ambientes pequenos isso pode ser um problema.

Por conta da fumaça e do cheiro, as churrasqueiras com acendimento a carvão são as mais indicadas para ambientes externos e abertos, como quintais de casas ou terraços e grandes sacadas de apartamento. Entretanto existem uma grande variedade de modelos que podem ser fixos ou portáteis e de tamanhos diferentes.

churrasqueira a carvão

Acendimento elétrico

Uma das principais vantagens das churrasqueiras com acendimento elétrico é em relação à praticidade, já que elas não fazem sujeira e nem soltam cheiro forte de brasa igual os modelos a carvão.

Para que elas funcionem basta que tenham uma tomada. Elas são muito simples para acender e alguns modelos permitem que a temperatura seja controlada. Existem modelos compactos que podem ficar em cima da bancada ou da mesa e também as opções embutidas, que necessitam de uma estrutura em alvenaria e ficam ótimas em espaços gourmet.

Elas são as mais indicadas para uso interno, principalmente em apartamentos ou casas sem muito espaço externo. No entanto, existem algumas desvantagens, como o consumo de energia elétrica, dependendo da frequência de uso, pode acabar pesando na conta de energia no final do mês.

churrasqueira elétrica

Acendimento a gás

Outra opção é a churrasqueira de acendimento a gás. O funcionamento é semelhante ao dos fogões, já que precisam de um botijão ou de gás GLP. Eles permitem que a temperatura seja controlada por meio de botões de ignição.

De todas as opções, essa é considerada a mais ecológica, já que não faz fumaça e nem gasta energia. Além disso, seu acendimento é muito rápido, o que garante que as carnes sejam preparadas em menos tempo. Elas podem ser usadas tanto no preparo de carnes, como também de peixes, legumes e hambúrgueres grelhados.

Assim como a opção elétrica, ela pode ser usada em ambientes internos e externos. Elas também contam com modelos variados, compactos e fáceis de transportar ou os modelos fixos, que podem ser embutidos.

A desvantagem fica por conta do gás, que deve ser sempre checado antes de iniciar o churrasco para que não corra o risco de acabar antes de terminar de assar a carne. O sabor também não é o mesmo da churrasqueira a carvão.

Tipos de churrasqueira

Agora que você já conhece as diferentes opções de acendimento, vamos te mostrar os modelos de churrasqueira para que você possa escolher com muito mais clareza e facilidade a que se adequa melhor ao seu espaço e também as suas necessidades.

Alvenaria

As churrasqueiras de alvenaria são umas das mais tradicionais, por conta da sua estrutura feita com tijolos e cimento. Para que ela seja construída é necessário contratar o serviço de alguém especializado em construção civil, além disso, por ser fixa, ela é mais indicada para áreas abertas.

Por necessitar de mão de obra especializada para a sua construção, o seu valor acaba sendo um pouco mais elevado, entretanto tem uma altíssima durabilidade. Ela funciona com carvão.

Pré-moldada

Como o nome já sugere, a estrutura da churrasqueira pré-moldada já vem pronta e o tamanho pode ser escolhido de acordo com a sua necessidade, o que faz com que ela seja muito mais prática e rápida de montar se comparada a churrasqueira de alvenaria.

Elas são fabricadas em concreto armado e tem uma maior absorção de calor, já que o material é térmico e podem ter revestimento e acabamentos diferentes. Alguns modelos também contam com espaço para assar pizzas. Mas antes de escolhê-las, é bom ter em mente o local em que serão instaladas por conta da fumaça.

O gasto de carvão acaba sendo um pouco mais elevado, já que a gaveta dedicada ao armazenamento é bem mais larga que das de alvenaria.

Embutida

As churrasqueiras embutidas podem ser elétricas ou a gás e são a melhor opção para quem quer montar um espaço gourmet na sacada, varanda ou até mesmo no quintal. Além de compactas, a vantagem é que não fazem sujeira e nem fumaça.

Elas são fáceis de serem instaladas, mas assim como as de alvenaria, é necessário contar com um planejamento e mão de obra especializada para preparar o espaço. Elas podem ser de bancada ou de parede.

churrasqueira imbutida

Giratória

O modelo de churrasqueira giratório também pode ser a gás ou elétrico e pode ser usada em espaços internos e externos. A sua maior vantagem, em relação a todos os outros modelos, é que ela conta com rotação dos espetos, que garantem que as carnes assem de maneira uniforme e o churrasqueiro não precise ficar virando a grelha manualmente. Para ambientes comerciais, essa é uma excelente opção!

A bafo

As churrasqueiras a bafo começaram a fazer sucesso no Brasil a pouco tempo, mas são muito utilizadas nos Estados Unidos e aparecem bastante em diversos filmes americanos. Elas usam carvão, em menor quantidade que os demais modelos, e contam com uma tampa que cobre a carne, evitando a maior proliferação de fumaça.

Esse modelo é compacto e pode ser levado para qualquer lugar. Tem algumas opções com rodinhas e também de mesa. Podem ser usadas em áreas externas e internas, desde que fiquem próximas a uma janela, pelo menos.

Ferro

A churrasqueira de ferro é outro modelo bem clássico aqui no Brasil e de todas as opções acaba sendo a que tem o valor bem mais acessível. Ela é prática de usar e não faz tanta sujeira quanto a de alvenaria ou pré-fabricada.

Como esse modelo de churrasqueira funciona com carvão, ela acaba sendo mais indicada em locais abertos, por conta da fumaça. Mas atenção, para uma maior durabilidade, após o uso elas devem ser sempre guardadas em local fechado.

Viu só quantos modelos de churrasqueira existem no mercado? Com as nossas dicas, a sua compra ficará muito mais fácil e você não correrá o risco de comprar uma opção que não funcione para o tipo e tamanho do seu espaço.

Aproveite também para ler o nosso conteúdo sobre panelas que não grudam e saiba porque elas são tão boas. Até o próximo post!

22 dicas de organização simples para sua casa
Ler mais
Veja quais são as melhores cores para a cozinha!
Ler mais
Entenda qual o modelo de churrasqueira correto para você
Ler mais
Lista de chá de panela: veja como montar a sua e o que não pode faltar
Ler mais
Panelas para fogão de indução: quais as mais indicadas?
Ler mais
O que não pode faltar no enxoval de casamento e como montá-lo!
Ler mais
Como manter o quarto organizado: 9 dicas que farão toda a diferença!
Ler mais
Inove na hora de escolher o presente para casamento com essas dicas!
Ler mais
Panela que não gruda: saiba porque elas são tão boas
Ler mais
Tipos de panela: conheça os materiais e saiba para que serve cada uma!
Ler mais